quarta-feira, 30 de março de 2011

Deixa acontecer

Esta noite
Dormi pensando em você
Juro, eu tentei não me envolver...

Mas o que poderia eu fazer?
Meu coração não posso conter...

...Seria por medo de sofrer que não quero amar você?

Por dormir pensando em você...
Acabei sonhando com você.
Aqueles sonhos não pude conter...
Mesmo que acordasse ainda pensaria em você.

Não quero sofrer...
Todavia por medo de sofrer
Opto por tentar convencer
Este coração que insiste em te ter
De que não posso amar você...

Você...
Eu e você...
É um querer te ter.
Mas por medo de perder...
Prefiro te esquecer, impossível talvez.

Mas o que poderia eu fazer?
Meu coração , DEFINITIVAMENTE, não posso conter...

Relutar pra quê?
Devo, pois, deixar acontecer...

Um comentário:

Gabriela Marques disse...

Nossa! Além de belo teus versos, me descreveram. Aconteceu isso comigo esta noite. Estranho, ler um poema assim justo hoje. Estranho. Coincidência. Mexeu comigo.