domingo, 30 de janeiro de 2011

Aquele Beijo...



Aquele beijo
Me deixou meio sem jeito...
Não... Não tem mais jeito...
O seu jeito...
Tornou seu beijo eleito...
O melhor de todos os beijos...

E me tornou sujeito afeito
A este beijo que não fora o primeiro de meus beijos
Porém fora único e tão perfeito...

Se pudesse algum feito...
Fazer-me provar este beijo...
Tiraria proveito...
Tornar-me-ia satisfeito.

Sentimento não guardaria no peito...
Afinal, seria apenas mais um beijo.
Todavia, no pensamento guardaria...
O melhor dos feitos...
O melhor de todos os beijos.

Mas se não tem jeito
Guardarei aquele único beijo...
Tão perfeito.

Krislanio Alves

7 comentários:

@Axcel09 disse...

Lindo poema.
Lindo blog... :D

só o plano de fundo que confunde
um pouco, mas vc sabe escolher muito bem as palavras... Parabéns!

Cápsula de Pimenta disse...

Olá,
Tem indicação do seu blog e selo especial para você lá no Cápsula!

http://capsuladepimenta.blogspot.com/

Abraços, Cápsula de Pimenta

gabriela marques. disse...

Nunca tive um único beijo perfeito, para mim, todos os lábios dos quais provei foram perfeitos. Perfeitos a sua maneira, mas nunca únicos. Quem sabe um dia eu prove um assim.

Thiago Ya'agob disse...

Eu lembro do meu primeiro beijo.

Marina disse...

Lindo o poema,parabens!
descreve bem essas sensações

Gabriela Marques disse...

Cadê você, Kris?
Sumiu?
Saudades das tuas palavras.

giselle disse...

E um día a poeta escreveu..."recebe meus beijos, não como favores, mas como tributos. Tu os conquistastes, são teus, em empréstimo é que ainda ficaram comigo. Eu não os dou a ti, eu os devolvo"...Ah Cris seria perfeito..mais cada beijo é cada beijo....depende de cada ser, sendo perfeito aos olhos de quem os dá e perfeito à de qeum os recebe..